fbpx

Doenças de Pele

Doenças-de-Pele

Problemas com doenças de pele atingem milhares de pessoas em todo o Brasil, porém, infelizmente, grande parte dessas pessoas não procuram ajuda adequada para o tratamento, ou seja, buscam por si mesmos a cura, e muitas vezes acabam piorando o problema, ou no mínimo, retardando a cura.

O ideal é procurar ajuda médica, ou seja, um dermatologista, especialista em casos de doenças de pele. Ele pode te ajudar a tratar de forma eficaz e também, ajudar a identificar problemas mais sérios.

Vamos agora falar sobre alguns tipos de doenças de pele que você precisa saber, bem como suas características, causas, prevenção e tratamento.

Vitiligo

É uma doença que provoca a perda de coloração da pele, que acontece em pessoas que possuem parentes próximos que já tiveram a doença, ou seja, são pessoas com predisposição genética.

É uma doença provocada geralmente por algum trauma e estresse, quando as células de defesa do organismo reconhecem os melanócitos como corpo estranho, combatendo e eliminando melanina. (os melanócitos são responsáveis pela pigmentação da pele).

Causas

A Sociedade Brasileira de Dermatologia afirma que as causas do vitiligo não estão bem estabelecidas, porém, a imunidade pode estar relacionada ao problema.

Sintomas

Os sintomas de vitiligo são manchas brancas que aparecem na pele, e também, em alguns casos, uma pessoa pode sentir dores e sensibilidade nas regiões onde as manchas de encontram.

Prevenção

Trata-se de uma doença hereditária, portanto não há como prevenir esta doença.

Tratamento

Todo tratamento de vitiligo deve ser acompanhado por um médico dermatologista, nunca, nunca, se automedique, você pode piorar o problema.

  • Banho de luz;
  • Cremes imunomoduladores;
  • Fototerapia;
  • Uso de corticoides tópicos.

É importante frisar que, cada pessoa deve ser analisada individualmente, pois não existe um tratamento definido para a doença. Outro fator importante é o acompanhamento de um psicólogo, que ajuda para o bom desempenho no tratamento.

É importante o uso de filtro solar para proteger a pele do sol, a pele tende a arder facilmente por não conter melanina.

Brotoeja

A Brotoeja esta entre as doenças de pele ou dermatite inflamatória que mais atingem as crianças, causa a obstrução de dutos excretores das glândulas sudoríparas, esta obstrução impede a liberação do suor pelo corpo, o que resulta na formação de bolhas inflamadas.

Causas

Esta doença de pele é mais comum em bebês e crianças ainda bem pequenas, podendo também atingir pessoas de todas as idades. A causa da doença é a retenção do suor dentro da pele formando pequenas saliências.

  • Clima quente e húmido ajudam no desenvolvimento da doença;
  • Em caso de bebês, as vias que liberam o suor não estão totalmente desenvolvidas, rompendo-se com mais facilidade, causando o problema;
  • Excesso de suor;
  • Até mesmo o excesso de roupas ou cobertores pode estimular a lesão;
  • Pessoas acamadas ou imobilizadas para tratamentos de longo período.

Sintomas

  • Coceira;
  • Queimação;
  • Pequenas bolhas de água e pápulas vermelhas;
  • Erupções;
  • Saliências.

Prevenção

A melhor forma de prevenção é evitar excesso de suor e situações de calor, mas também, é importante manter o ambiente fresco e arejado e utilizar roupas que não retém suor.

Tratamento

Brotoeja é uma doença que tende a desaparecer sozinha, porém, é importante tomar cuidado para evitar o reaparecimento, também é bom deixar o ambiente fresco e arejado.

Psoríase

Psoríase é uma doença crônica de inflamação na pele, que não é contagiosa, e em muitos casos são de origem genética. Suas características são lesões avermelhadas que aparecem no couro cabeludo, joelhos e cotovelos.

Causas

  • Genética;
  • Fatores psicológicos;
  • Estresse;
  • Exposição ao frio;
  • Uso de alguns medicamentos;
  • Alcoolismo.

Sintomas

  • Unhas espessas esfareladas;
  • Lesões avermelhadas na pele;
  • Pele com facilidade de sangramento;
  • Inchaço nas articulações;
  • Dor nas articulações;
  • Descamação no couro cabeludo, cotovelos e joelhos.

Prevenção

Não há como prevenir a doença, porém, é possível controlar sua reincidência, tomando banhos rápidos, tendo cuidados com a depilação traumatizando menos a pele, utilizando roupas mais confortáveis (menos agarradas / apertadas) e faça acompanhamento com o dermatologista.

Tratamento

Embora a psoríase seja uma doença que não tem cura, ela pode sim ser tratada com acompanhamento do dermatologista e utilização de medicação local receitada pelo mesmo.

Acne

Acne é uma das doenças de pele quem mais atingem os adolescentes, é o mesmo nome dado para espinhas e cravos que acontecem através de inflamação das glândulas sebáceas e dos folículos polissebáceos. A maior parte dos casos acontecem na fase da adolescência, porém, é comum em adultos.

Causas

É mais comum na adolescência porque a puberdade faz os níveis hormonais ficarem elevados, estimulando as glândulas da pele e produzindo óleo. Outra causa de acne é a grande produção de sebo na pele e a concentração de células mortas.

Sintomas

  • Lesões pequenas na pele;
  • Inchaços avermelhados;
  • Surgimento de pequenas bolinhas de pus que aparecem na pele.

Prevenção

  • Uso de sabonete ou outro produto especial indicado para peles oleosas;
  • Evite utilizar produtos que deixem a pele oleosa;
  • Procurar um dermatologista.

Tratamento

O tratamento da acne deve ser iniciado o mais breve possível. Ao contrário do que muitos falam, a acne deve ser tratada sim, não é um problema apenas da idade. Para fazer um tratamento adequado, sempre procure por um profissional da área, no caso, o dermatologista.

Doença Urticária

Urticária é uma doença de pele (lesão na pele) que se caracteriza pela formação de urticas ou pápulas, que pode aparecer, por exemplo, após a ingestão de algum alimento que provoque alergia, ou também pelo frio, mas também pode não ter causa definida.

Causas

Embora as causas ainda não estejam esclarecidas, estudos indicam que pode ser desencadeada por estímulos imunológicos ou não imunológicos, abaixo algumas causas.

  • Uso de alguns medicamentos;
  • Consumo de alguns alimentos;
  • Picadas de insetos;
  • Exposição ao frio ou ao calor;
  • Exposição da pele a água quente ou fria;

Sintomas

O maior sintoma e mais desconfortável é a coceira.

Prevenção

Não tem como prevenir a primeira manifestação da urticária, porém, após o aparecimento é bom procurar um dermatologista e seguir as orientações de prevenção, como por exemplo, a mudança na alimentação, entre outros hábitos.

Tratamento

Como mencionado em todos os casos acima, é importante procurar um médico dermatologista para iniciar o tratamento, nunca utilize medicamento por conta própria. O medicamento é receitado de acordo com as condições apresentadas por cada paciente, também é importante afirmar que a urticária não tem cura.

Eder Santos

Especialista em Planos de Saúde

Formado em Marketing Digital
Portabilidade-do-Plano-de-Saúde
o-que-é-gestão-de-pessoas

Gestão de Pessoas

O que é Gestão de Pessoas? Você sabe o que é Gestão de Pessoas? Apesar de não haver consenso, uma definição interessante gestão de pessoas

Leia mais »
Vasectomia

Vasectomia

Vasectomia Vasectomia, é uma cirurgia muito procurada por homens que não pretendem mais ter filhos, ou melhor dizendo, que não pretendem mais engravidar uma mulher.

Leia mais »
ilustração-de-garoto-com-sarampo

Sarampo

Sarampo O Sarampo é provocado pelo vírus Morbilivírus, sendo uma doença infectocontagiosa, ou seja, uma doença provocada por micróbios que pode ser transmitida rapidamente para

Leia mais »

Compartilhe

Compartilhar no email
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook

Observação: O conteúdo deste site é informativo, sempre procure um profissional da saúde para diagnóstico médico, tratamento e consulta. 

Utilizamos cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade?
× Estou online!