fbpx

Gengivite

Gengivite

Gengivite é uma inflamação da gengiva que pode ser causada pelo acúmulo de placas bacterianas, podendo afetar de forma grave um ou mais dentes. Por ser o estágio inicial da periodontite, é bem fácil de ser tratada.

Causas

A causa da gengivite inicia-se principalmente com a má higiene bucal, pois, a falta de higiene ou a má higiene bucal acarreta na formação constante de placas bacterianas nos dentes e na gengiva.

Esta placa precisa ser removida através da escovação e também pelo uso do fio dental, para evitar que produza toxinas que irritam a mucosa da gengiva e cause a gengivite. A placa biofilme é um material feito de bactérias, muco e resíduos de comida, desenvolvendo-se nas partes externas dos dentes.

Esta placa é que dá origem ao tártaro, que produz bactérias capazes de irritar a gengiva e deixa-las inchadas e sensíveis.

Nossa gengiva é um tecido muito sensível, que pode ser lesionado facilmente através do excesso de escovação ou má utilização do fio dental, esse dano pode também causar a gengivite.

Outro fator que pode causar a gengivite é a mudança hormonal, o risco aumenta porque as gengivas ficam mais sensíveis.

 

Sintomas de Gengivite

Os sintomas mais comuns de gengivite são:

  • Dentes soltos;
  • Gengivas que se recuam ou se afastam dos dentes;
  • Mau hálito;
  • Gengiva inchada, vermelha ou sensível;
  • Sangramento na gengiva;
  • Pus visível.

Normalmente, quem esta com a gengiva inflamada costumam vê-la com a cor mais avermelhada ou rocha, além disso, ela fica mais sensível e com sangramentos durante a escovação.

 

Prevenção

É uma doença que pode ser evitada no início, desta forma a pessoa evita que se agrave e ocasione danos graves aos dentes. São fatores preventivos:

  • Escovar os dentes ao menos três vezes por dia, ao se levantar, após as refeições e antes de dormir (escove bem os dentes, a gengiva, a língua, o céu da boca);
  • Utilizar o fio dental antes de escovar os dentes é importante para limpar os lugares onde a escova dental não alcança, entre os dentes, por exemplo;
  • Utilize creme dental com flúor;
  • É importante utilizar enxaguante bucal com agente antimicrobiano, que é bom para eliminar as bactérias;
  • Visitar regularmente o dentista e, se necessário, realizar o tratamento de limpeza e realizar outros exames. O recomendado é que se marquem consultas a casa seis meses, e caso a pessoa esteja em um grupo de risco para desenvolver a gengivite, procure um dentista imediatamente;
  • Em caso de crianças, estimule que elas façam a escovação sozinha, porém, certifique-se de que esta sendo feito da forma correta e que os dentes estão limpos;
  • Evitar doces e refrigerantes também ajudam, principalmente se for demorar a próxima escovação;
  • Evite o cigarro, ele não faz bem para a saúde bucal.

Outro fator que pode causar a gengivite é a mudança hormonal, o risco aumenta porque as gengivas ficam mais sensíveis.

 

Como tratar a gengivite?

Ao se deparar com um quadro de inflamação na gengiva, a pessoa deve procurar ajuda de um dentista imediatamente para evitar que o quadro se agrave, podendo chegar à periodontite, que é um quadro mais avançado de gengivite, onde as bactérias podem chegar à corrente sanguínea, além de causar danos irreversíveis aos dentes.

  • Procure imediatamente um dentista, pode ser um periodontista, que é o profissional especializado em cuidar da gengiva;
  • Escove regularmente os dentes, ao menos três vezes ao dia;
  • Utilize fio-dental ao menos uma vez ao dia;
  • Remoção do tártaro, procedimento feito pelo dentista, onde é feito uma raspagem em torno do dente para remoção da placa bacteriana endurecida que separa a gengiva dos dentes;
  • Em alguns casos pode ser feito uma cirurgia periodontal;
  • Também pode ser necessário fazer reparos em próteses ou em aparelhos ortodônticos que estejam atrapalhando o tratamento.

Se você perceber que está com algum sintoma de gengivite, procure um dentista imediatamente, pode ser um tratamento particular ou através do seu convênio odontológico.

Quais são os fatores de risco da gengivite?

Além das causas mencionadas acima, também podem contribuir para gengivite os fatores relacionados abaixo:

  • Idade avançada;
  • Imunidade baixa;
  • Boca seca;
  • Anticoncepcionais;
  • Aparelhos ortodônticos mal encaixados;
  • Diabetes;
  • Má escovação ou falta de escovação dos dentes;
  • Não utilização de fio dental ou uso incorreto;
  • Gravidez, puberdade e ciclo menstrual.

Complicações possíveis

Algumas complicações podem ser visíveis caso a gengivite não seja tratada, como por exemplo, afetar a estrutura da boca, mau hálito, perda de dentes e até mesmo, avanço para um quadro de periodontite.

Doenças bucais podem complicar a saúde do corpo como um todo agravando o problema, como por exemplo, infarto e avc.

Cuidados com a saúde bucal é sempre bom e nunca é demais.

Eder Santos

Especialista em Planos de Saúde

Formado em Marketing Digital
Portabilidade-do-Plano-de-Saúde
o-que-é-gestão-de-pessoas

Gestão de Pessoas

O que é Gestão de Pessoas? Você sabe o que é Gestão de Pessoas? Apesar de não haver consenso, uma definição interessante gestão de pessoas

Leia mais »
Vasectomia

Vasectomia

Vasectomia Vasectomia, é uma cirurgia muito procurada por homens que não pretendem mais ter filhos, ou melhor dizendo, que não pretendem mais engravidar uma mulher.

Leia mais »
ilustração-de-garoto-com-sarampo

Sarampo

Sarampo O Sarampo é provocado pelo vírus Morbilivírus, sendo uma doença infectocontagiosa, ou seja, uma doença provocada por micróbios que pode ser transmitida rapidamente para

Leia mais »

Compartilhe

Compartilhar no email
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook

Observação: O conteúdo deste site é informativo, sempre procure um profissional da saúde para diagnóstico médico, tratamento e consulta. 

Utilizamos cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade?
× Estou online!